21 jul

A Language em parceria com CI Code, Abre CURSO de LÓGICA E LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO E ROBÓTICA para crianças e adolescentes (através de CRIAÇÃO DE GAMES).

O Objetivo do CI_CODE é permitir a Fluência em Tecnologia para Crianças e Adolescentes, possibilitando uma geração mais preparada, alinhada com o Pensamento Computacional e com os desafios do futuro da Empregabilidade.

A proposta é empoderar nossas crianças e jovens fornecendo um conhecimento produtivo, mão na massa, de forma lúdica e prática, de modo que os alunos já sejam capazes de adquirir poderes para produzir algo extremamente criativo e inovador para a idade deles, desde o início do curso.

minecraftNossa Metodologia, trabalha a lógica de programação e a linguagem de programação por um viés que nossos jovens se identificam muito: os Games. Através da criação de jogos, eles aprenderão a fazer desde animações até games profissionais, além de aprenderem a criar aplicativos para dispositivos móveis durante o curso. Aprenderão conceitos de eletrônica e a trabalhar com o Arduino, programando-o de verdade, construindo desde sistemas como um semáforo até a construção de drones… trabalharão desenvolvendo games para a realidade virtual e para realidade aumentada… terão experiências com impressoras 3D e com a criação de conteúdo para plataformas como o Youtube, aprendendo a manipular ferramentas para a edição de vídeos.

O contexto do empreendedorismo estará presente, nossos alunos serão estimulados a criar jogos inclusive para colocá-los à venda no Google Play e na Apple Store, por exemplo. Ferramentas modernas como o Design Thinking e conceitos como Educação Financeira serão trabalhados na prática no desenvolvimento de projetos e criação de Aplicativos.

Como background, o aluno desenvolverá seu vocabulário no Inglês Técnico, já que uma linguagem de programação utiliza expressões em inglês chamadas sintaxes que serão muito utilizadas no decorrer de todo o curso.

É uma Tendência mundial o ensino da Ciência da Computação para crianças?

Em 2013, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participou de um evento de incentivo ao estudo da Ciência da Computação. Nesse evento, o presidente fez um discurso direto, com forte apelo patriótico, afirmando que o conhecimento da ciência da computação “não é uma habilidade somente importante para o futuro do jovens, mas para o futuro do país”.

Ele declarou que, “se quisermos um país que esteja na vanguarda, precisamos de jovens que dominem as ferramentas e a tecnologia, que mudarão o jeito de como fazemos as coisas”.

Por fim, solicitou expressamente:  “Peço a você que se envolva. Não compre apenas um novo videogame, crie um. Não baixe um aplicativo. Ajude a desenvolvê-lo. Não apenas brinque em seu celular, mas programe-o.”

Por sua vez, a Inglaterra, de forma não muito diferente, passou também a incentivar o estudo da Ciência da Computação. A partir deste ano, 2015, o país inseriu no currículo das escolas públicas o ensino de programação de computadores para crianças a partir de 5 anos.

Outros países já reavaliaram ou estão reavaliando seus currículos, como exemplo podemos citar Israel e a Finlândia; alguns entusiastas consideram a aprendizagem da Linguagem de Programação, como a aprendizagem de um novo idioma, e a importância da capacitação seria equivalente a fluência na língua inglesa.

O Conceito mais simples de Linguagem de Programação refere-se a capacidade de ensinarmos um computador a fazer o que nós quisermos.

Ah, mas eu quero que meu filho seja um médico, a aprendizagem em Ciência da Computação fará alguma diferença pra ele?

Há uma expressão atribuída a Paulo Freire que diz: “Aprendemos a ler e a escrever, não para sermos escritores, mas para aprendermos mais…” Fazendo um paralelo com a Linguagem de Programação, podemos fazer a seguinte associação: “Aprendemos Linguagem de Programação, não necessariamente para sermos programadores, mas para aprendermos mais…”

A Medicina, por exemplo, nos últimos anos mostrou uma evolução sem precedentes graças ao avanço da tecnologia, graças ao avanço e aprofundamento da ciência da computação; independente da profissão, a fluência em tecnologia fará toda a diferença.

Você já ouviu falar na Quarta Revolução Industrial?

No Fórum Mundial Econômico em DAVOS na Suíça, em Janeiro de 2016, este foi o Tema destaque. A Quarta Revolução Industrial tem como maior característica o forte desenvolvimento da Inteligência Artificial, Robótica, Impressão 3D e a Nanotecnologia. A discussão no Fórum se pautou no fato que a revolução trará benefícios aos países mais desenvolvidos e intensos em capital, enquanto minará empregos nos países emergentes mais intensivos em mão de obra, como o Brasil, a África do Sul e os países do Sudeste da Ásia. Segundo cálculos do Fórum, mais de 7 milhões de empregos podem ser eliminados por inovações tecnológicas até 2020. Por outro lado, mesmo que novas tecnologias gerem essa “destruição criativa”, no futuro também criarão novas vagas que requerem maior especialização. O principal problema e agravante para os países em desenvolvimento, segundo a discussão em Davos, é que a criação desses empregos se daria em países já desenvolvidos…

A Ciência da Computação está no cerne desta Revolução, é um caminho sem volta, a Tecnologia estará cada vez mais presente em nosso futuro.

Início do curso: Agosto de 2016

Agende sua aula experimental!

Leave a Comment