03 jun

Confira nossas Dicas!

1-Aprender apenas o vocabulário útil faz com que você focalize na lista de vocabulários selecionados em função da frequência da sua utilização, geralmente agrupados por temas.

Diferentes contextos cotidianos: como filmes, seriados e outros programas de televisão e/ou mídias do seu interesse, despertam maior interesse e consequentemente, melhor assimilação por afinidade.

2- Caso ajude na melhor compreensão da regra ou dúvida, adicione uma explicação que lhe seja mais prática e fácil nos outros campos da carta, para memorizar a regra. Você terá a possibilidade melhorar sua performance adotando este hábito.

3-Independentemente do seu nível, pratique o contato com pessoas nativas.

medo pode errar ou de demonstrar sua fluência pode lhe paralisar nesse processo de imersão.

A prática é a melhor forma de falar qualquer idioma, e o inglês não está fora dessa.

4- Não existem períodos ociosos quanto o foco e aprender.

Na fila do supermercado, no trajeto do ônibus/aplicativo de transportes, ao deitar-se na cama ou sofá, enquanto se prepara para o sono, intervalo inesperado durante seu dia de trabalho (cuide para não extrapolar) e até mesmo no banheiro.

5- Todo o peso das regras gramaticais pode desacelerar sua capacidade de “absorção”, flexibilidade oral e no pior dos casos, sua motivação.

Como seu tempo é limitado e precisa ser bem organizado, preserve seu foco no vocabulário útil.

6- Use inglês no celular e em quaisquer outros aparelhos eletrônicos.

Você já está familiarizado com seus aparelhos eletrônicos, facilitará sua compreensão no novo idioma.

7. Qual é a sua motivação?

Pretende procurar por novo emprego ou uma promoção, se sonha em viajar e socializar com pessoas de outras culturas, ou até mesmo por puro aprendizado – faça isso com maestria e dedicação que só uma motivação clara e real pode proporcionar.

Isso garantirá empenho em fazer um bom planejamento e ter uma rotina de estudos concisa.

Leave a Comment